logo_Seminário

O QUE VOCÊ VAI

DESCOBRIR?

Patrimônio
imaterial

Arqueologia
na região

O negro no
Trombetas

Emancipação de
Oriximiná

Biografia do
Pe. Nicolino

Material de referência

BÔNUS

  • Workbooks com o resumo das aulas para você ler, imprimir e consultar quando quiser;

  • Um encontro dedicado à roda de conversa e exercícios sobre cada palestra para ajudar a compreender melhor o conteúdo;

  • Comunidade exclusiva de alunos para socializar as informações sobre os temas apresentados;

  • Textos exclusivos e material de apoio gratuito para você baixar no formato eBook/PDF;

  • Palestra na íntegra: Transformar, Superar e Inovar - A sorte segue a coragem;
CERTIFICADO-SITE_pink_

Após finalizar o curso, você poderá

imprimir o seu certificado.

Quem são os

PALESTRANTES

Tema: PATRIMÔNIO IMATERIAL

1º Encontro - Palestra | Dia 05 de Fevereiro às 20h           2º Encontro - Roda de Conversa | Dia 11 de Fevereiro às 20h

Adriana_Russi

Adriana Russi

 

Pós-doutoramento no Museu de Arqueologia e Etnologia da USP sobre as interfaces entre museus e povos indígenas. Desenvolve pesquisas e projetos extensionistas multidisciplinares na confluência entre educação, memória, patrimônio cultural, cultura material e museologia social. Ao longo de uma década (2008-2018) coordenou o Programa de Extensão da UFF "Educação Patrimonial em Oriximiná". Docente no programa de pós-graduação lato sensu em Etnoeducação da UFF.

Mestre e Doutor em Psicologia pela UFRJ. Professor Associado II do Instituto de Psicologia da UFF. Coordenador da especialização em Etnoeducação na UAJV/UFF em Oriximiná-PA. Integrante do Projeto Encontro de Saberes da UFF, que busca construir uma Universidade Pluriepistêmica num diálogo com Mestres, Mestras e suas Tradições. Pesquisa os processos psicológicos em suas interfaces afroindígenas.

Jhony_Patrimônio_Imaterial

Johnny Menezes Alvarez

 

Tema: EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE ORIXIMINÁ

1º Encontro - Palestra | Dia 12 de Fevereiro às 20h           2º Encontro - Roda de Conversa | Dia 18 de Fevereiro às 20h

Walter_Pinto

WALTER PINTO

 

Possui graduação em Licenciatura em História pela Faculdade Integrada Brasil Amazônia (2009) e mestrado em História Social da Amazônia pela Universidade Federal do Pará (2012). Doutorando em História pelo Programa em História Social da Amazônia UFPA (2018). É jornalista, com experiência na área de Divulgação Científica. É autor do livro "A REVOLTA CONSTITUCIONALISTA DE 1932 NO BAIXO AMAZONAS", evento protagonizado em Óbidos e que tem grande importância para a emancipação política do município de Oriximiná em 24 de dezembro de 1934, por ato do Governador Joaquim de Magalhães Cardoso Barata.

Tema: O NEGRO NO TROMBETAS

1º Encontro - Palestra | Dia 19 de Fevereiro às 20h           2º Encontro - Roda de Conversa | Dia 25 de Fevereiro às 20h

Graduada pela Escola de Sociologia e Antropologia da Universidad Central da Venezuela, realizou estudos em nível de Especialização no Brasil (Pará e Rio de Janeiro). Os estudos em nível de doutorado foram em História e Civilizações, no qual trabalhei intensamente até final da década de noventa sobre temas de Escravidão e agricultura. Dentre outros importantes trabalhos, é co-autora do livro "NEGROS DO TROMBETAS: GUARDIÃOS DE MATAS E RIOS".

Rosa_Acevedo

ROSA ACEVEDO

 

Edna_Castro

EDNA CASTRO

 

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará, mestrado e doutorado em Sociologia pela École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris (1978-1983). Professora Titular da Universidade Federal do Pará, atuando no Núcleo de Altos Estudos Amazônicos/NAEA/UFPA. Presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência/SBPC (2011 a 2015). Junto com Rosa Acevedo, publicou o livro "Negros do Trombetas: Guardiãos de Matas e Rios", o estudo trata da presença da comunidade negra na região, uso e ocupação do território ao longo do tempo.

Tema: ARQUEOLOGIA NA REGIÃO

1º Encontro - Palestra | Dia 26 de Fevereiro às 20h           2º Encontro - Roda de Conversa | Dia 04 de Março às 20h

Graduada em História pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre em Artes Visuais pela UFMG, com ênfase em análises arqueométricas cerâmicas. Mestre em Antropologia pela UFMG, com área em concentração em arqueologia pré-histórica, e dissertação sobre a interface entre arqueologia e etnologia nas regiões do Baixo Amazonas e Guianas. Doutora em Arqueologia pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, com tese sobre encontros ontologicos entre a arqueologia e culturas indígenas na região do Rio Trombetas, Oriximiná, Pará. Professora Adjunta no curso de Bacharelado em Arqueologia da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA).

Camila_Jácome

CAMILA JÁCOME

 

Igor_Rodrigues

IGOR RODRIGUES

 

Doutorando no Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo. Realiza pesquisa etnoarqueológica sobre objetos trançados Waiwai. Graduado em História (Licenciatura) pela UFV. Mestre em Antropologia com concentração em Arqueologia. Atuou durante 3 anos como arqueólogo na Superintendência do IPHAN em Minas Gerais. Participou dos Projetos "Norte Amazônico" e "As ocupações Pré-históricas da Bacia do Alto e Médio Rio Trombetas", em escavações de sítios ao longo do rio Mapuera e também em análise de material cerâmico. Tem experiência na área de Arqueologia Pré-Colonial, com pesquisas sobre solos arqueológicos, tecnologia cerâmica do Brasil Central e Amazônia, zooarqueologia, análise espacial intra-sítio e etnoarqueologia.

Tema: BIOGRAFIA DO Pe. NICOLINO

1º Encontro - Palestra | Dia 05 de Março às 20h           2º Encontro - Roda de Conversa | Dia 11 de Março às 20h

Possui graduação em História (1997), especialização em História Social da Amazônia (2001), mestrado em Antropologia (2003), doutorado em Ciências Sociais/Antropologia (2008) pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e Pós-Doutorado em História pela Universitat de Barcelona, Espanha, cujo o trabalho se debruçou sobre o diário deixado pelo religioso, cuja  biografia do Pe. Nicolino de Souza, é de grande importância e interesse da comunidae oriximinaense, a quem se atribui o feito fundador da cidade de Oriximiná, em 13 de junho de 1877.

Márcio_Couto

MÁRCIO COUTO HENRIQUE

PERGUNTAS FREQUENTES

É uma série de 10 encontros online, onde 05 diferentes temas, serão tratados por especialistas, a cerca de acerca da história, usos e costumes do tecido social que se formou ao longo do tempo na cidade de Oriximiná, no Estado do Pará, e sua relação com a ocupação do território, conforme conhecemos hoje. 

  1. Patrimônio Imaterial;
  2. Arqueologia na região de Oriximiná;
  3. O Negro na região do Trombetas;
  4. Emancipação política do município de Oriximná;
  5. Biografia do Pe. Nicolino.

Sim. Não será cobrado nem um valor monentário, nem pela participação no evento e nem na geração do Certificado de participação.

  1. O articulista do site ariuca.com.br - A construção desse site, com a disponibilidade de uma plataforma EAD, baseado no conceito de propagação colaborativa do que a Pedagogia chama de WEB 2.0, WEB 3.0 ou infoeducação, é um projeto de acadêmico de TCC do Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores do IESPES e seus resultados serão registrados em um artigo acadêmico.
  2. Os Palestrantes - Os palestrantes são pesquisadores de comprovada carreira acadêmica e desejam dar publicidade sobre os resultados de seus trabalhos, que de alguma maneira constroem uma nova narrativa a cerca de fatos ditos oficiais. 

Cada tema terá dois distintos momentos. No primeiro momento, ocorrerá a apresentação da Palestra em sí, com duração de um pouco mais de uma hora. Esses encontros acontecerão sempre às sextas feiras, 20h. No segundo encontro, será reservado à uma Roda de Conversa, que acontecerá na semana subsequente, sempre às quintas, no mesmo horário (20h), para esclarecer dúvidas e socializar a curva de aprendizado dos participantes.

Não há critério de avaliação pra receber o certificado. A unica condição é assistir aos webnarios, ou seja, os vídeos de 100% dos temas em todos os encontros. 

Todos os que puderem ler e escrever, independente do nível de escolaridade, que tenham interesse na história de Oriximiná.

A carga horária total do Seminário é de 20h. São considerados 08h de conteúdo, 08h de atividade coletiva e 04h de dedicação individual. O conteúdo é inédito e exclusivo e são considerados a leitura dos infobooks individuais de cada tema, bem como material extra e eventualmente o participante pode ser submetido a um QUIZZ (jogo de perguntas e respostas de multipla escolha), para melhor compreensão do conteúdo. 

A plataforma EAD, contabiliza o tempo de visualização dos vídeos, sejam eles ao vivo com a participação direta, interagindo com os palestrantes. Sejam on demand, ou seja, para aqueles que decidirem fazer a imersão no SEMINÁRIO a qualquer tempo. Dessa forma, o sistema EAD envia seu certificado automaticamente ao final de sua jornada para o e-mail que você cadastrou.

Você poderá fazer parte de nosso Canal Secreto no TELEGRAN, se assim você desejar. Pode também, fazer parte de nosso grupo fechado no Facebook ou ainda, acompanhar pelas publicações no Blog sobre novos eventotos.