• Imagem aérea da MRN
  • Imagem de crianças
  • Cachoeira do Jamaracaru
  • Imagem das crianças de novo

06 novembro 2011

CATASETUM ORIXIMINAENSE

A espécie de orquídea foi descoberta por Edir Pontes e Silvio Printes no verão de dezembro de 2008 na região da comunidade Ariúba, no Rio Cuminá, em território oriximinaense. Para a catalogação e descrição na Royal Botanic Gardens – KEW, contaram com o apoio do especialista João Batista Fernandes da Silva do Museu Paraense Emílio Goeldi, ele que é cientista autodidata, botânico naturalista, dedica-se às orquídeas a mais de 30 anos, tendo inclusive várias publicações sobre tema e de Marco Antônio Campacci do Círculo Paulista de Orquidófilos, além de também comandar a edição da Revista Coletânea de Orquídeas Brasileiras, uma das mais respeitadas publicações do gênero no Brasil. 
Por sua beleza, as orquídeas são plantas que encantam os homens desde tempos imemoriais. Confúcio (sábio chinês que viveu entre 551 e 479 a.C.), por exemplo, dizia que elas têm perfume supremo, digno de um rei. Especialistas consideram a família Orchidaceae como a maior família botânica do mundo, estimando-se uma variação entre 15.000 e 30.000 espécies distribuídas por todos os continentes, com exceção da Antártida, embora predominem nas áreas tropicais. Estudiosos dizem que mais da metade das orquídeas do planeta estão na a Amazônia Brasileira.
A Catasetum Oriximinaense é descrita como uma planta epífita, com pseudobulbos que podem chegar a 12cm de comprimento, esverdeados e lisos. Suas flores são de cor amarelada, com listras transversais púrpuras irregulares, espalhadas por toda a superfície da flor. Atinge o seu período de floração no verão brasileiro.
Edir Pontes é formado em Administração e Silvio Printes é funcionário público. Mais do que os aplausos do Blog do Ariuca, recebam o digno reconhecimento público dos oriximinaenses por essa belíssima homenagem à cidade. Parabéns!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação em nosso fórum de debates sobre o cotidiano da cidade de Oriximiná, Pará, Amazônia, Brasil. Se quiser você pode enviar seus texto, fotos e vídeos para o e-mail hamilton@ariuca.com.br. Continue participando.