• Imagem aérea da MRN
  • Imagem de crianças
  • Cachoeira do Jamaracaru
  • Imagem das crianças de novo

29 novembro 2011

JOSUÉ DAVID liderança que promete

Get the flash player here: http://www.adobe.com/flashplayer


O empresário Josué David é natural de Faro, Pará. Uma história de vitória e superação está sendo escrita com muito trabalho para a comunidade farense. No sábado (26), uma multidão de mais de mil pessoas foi prestigiar o conterrâneo. Várias bandas e artistas das redondezas se revezavam no palco armado para o pronunciamento das lideranças políticas da região convidadas para o evento.
Faro vive momentos difíceis a pelo menos 16 anos. A juventude pode representar mais do que mudanças, pode representar a esperança de dias melhores para os que bravamente insistem em ficar.

O Tapajós e o Tibete

O Dalai Lama durante a inauguração de um novo albergue para crianças carentes
 nas proximidades Dharamsala, na Índia em 19 de novembro de 2011.
Os discursos são longos e acalorados, mais a visão é curta e míope. 

Há 700 anos o Tibete faz parte da gigantesca República Popular da China. Gengis Khan submeteu o território ao seu domínio quando instituiu o primeiro império Mongol, unificando 49 diferentes nacionalidades. 
O Dalai Lama é o líder espiritual dos Tibetanos. Seu reconhecimento formal e público aconteceu antes da Revolução Socialista pelo presidente Chiang Kai Chek – já não havia mais a figura do Imperador da China. 
Com a vitória da Revolução Socialista em 1949 as tropas Comunistas negociaram com o Tibete as mudanças do Regime: fim da escravidão (só existia no Tibete); fim da servidão (servos só existiam no Tibete) e outros pontos. 
As reivindicações dos Tibetanos estavam ligadas principalmente às questões agrárias e à educação. Durante a década de 1950 a coisa desandou – talvez, pelo imediatismo das mudanças – e o Tibete continua miserável e feudal. 
É claro que seria ridículo perguntar para toda a China se o Tibete deveria ser emancipado ou não. É claro que a próspera China ‘neo cumunista’ não está nem aí para a miséria do pequeno povo das montanhas. 
Portanto, o Tibete continua escravo e serviu ao domínio chinês. Não importa o que diga o ícone da paz mundial, o Dalai Lama. Como não temos nenhuma celebridade mundial para defender o povo pobre das ricas terras do Tapajós e do Carajás, nos resta dizer SIM 77 aos dois novos estados.

Um grito de LIBERDADE: FARO é SIM TAPAJÓS e SIM CARAJÁS

No vídeo a indignação do povo de Faro e Terra Santa. Duas cidades completamente esquecidas pelos sucessivos governos do Grande Pará! Raimundo Bezerra, o popular Marvado é o porta voz do sofrimento da nossa gente que clama por progresso e desenvolvimento. O Blog do Ariuca esteve lá e registrou tudo.

14 novembro 2011

Morre o ex- Vereador TORÓ

No início da tarde de hoje, deu entrada no Hospital São Domingos Sávio, o ex vereador e ex presidente da Câmara, Agenor Figueira Batista, o popular Toró. A causa morte foi um infarto agudo no miocárdio.
Ainda não se sabe ao certo o local do velório, se na residência da família ou na Câmara de Vereadores do Município, onde Toró legislou por 03 mandatos.

07 novembro 2011

CAMINHOS DO TEMPO

A foto é um flagrante do nosso cotidiano ribeirinho. Riscado na madeira do corrimão da ponte do Cuminá, na estrada do BEC, um barquinho se harmoniza com o fundo amarelo em primeiro plano que se compõe com os tons azulado do rio e o verde da floresta. Lembra um Brasil romântico, sério, que crê na ordem e no progresso. Muitos políticos deixaram de crer em sentimentos como esse. Talvez, alguns minutos de contemplação possam fazê-los enxergar o povo na foto.

Plenitude de João Augusto Oliveira

Este blogueiro teve a grata surpresa de receber - em primeira mão - um exemplar do livro Plenitude, escrito pelo ex-prefeito, o oriximinaense João Augusto de Oliveira. A obra traz 27 artigos entre contos e crônicas muito bem escritos e que nos remete ao entendimento do tema "Amazônia" de uma maneira crítica e inteligente. Quem quiser adquirir um exemplar é só entrar em contato pelo Post de comentários do Blog do Ariuca.

06 novembro 2011

CATASETUM ORIXIMINAENSE

A espécie de orquídea foi descoberta por Edir Pontes e Silvio Printes no verão de dezembro de 2008 na região da comunidade Ariúba, no Rio Cuminá, em território oriximinaense. Para a catalogação e descrição na Royal Botanic Gardens – KEW, contaram com o apoio do especialista João Batista Fernandes da Silva do Museu Paraense Emílio Goeldi, ele que é cientista autodidata, botânico naturalista, dedica-se às orquídeas a mais de 30 anos, tendo inclusive várias publicações sobre tema e de Marco Antônio Campacci do Círculo Paulista de Orquidófilos, além de também comandar a edição da Revista Coletânea de Orquídeas Brasileiras, uma das mais respeitadas publicações do gênero no Brasil.