• Imagem aérea da MRN
  • Imagem de crianças
  • Cachoeira do Jamaracaru
  • Imagem das crianças de novo

24 maio 2011

AGINDO LIVREMENTE

Click na imagem para visualização completa no site da SEMA
O negócio do fornecimento de areia, argila, pedra e seixo para obras públicas, inclusive com a utilização de máquinas e equipamentos também públicos, já foram foco de denúncia do Blog do Ariuca e do programa de TV Ariuca em Revista. Agora nossa equipe encontrou no site da SEMA uma Licença de Operação (LO) expedida durante a gestão fraudulenta do então Secretário Estadual Aníbal Pessoa Picanço – na época – indicado pelo Deputado Gabriel Guerreiro (PV), no final do governo estadual do PT. A licença está em nome do Secretário, Alfeu Santo Carpeggiani (PSDB), envolto em denúncias de corrupção, que comanda a Secretaria Municipal de Infraestrutura do Município de Oriximiná. A jazida está sendo explorada, mas ainda não se sabe a identidade do cliente comprador.

7 comentários:

  1. Rapaz, não seja leviano. O Aníbal Picanço chegou à SEMA pelas mãos de Marcilio Monteiro e Cláudio Puty, nunca por indicação do Deputado Gabriel Guerreiro. Aliás, durante a gestão de Guerreiro na SEMA nunca se ouviu falar de corrupção naquela Secretaria. Entretanto, quando o Jatene entregou a SEMA para o PTB, não demorou muito, e toda a cúpula foi algemada pela Polícia Federal.

    ResponderExcluir
  2. Diga isso para a Polícia Federal que investiga a quadrilha a qual você se refere. Levianas seriam também as transcrições das ligações telefônicas interceptadas pela PF que traduzem perfeitamente quem mandava e quem executava as ordens na SEMA de Aníbal Picanço, Gabriel Guerreiro e cia. Leviana também é sua subserviência covarde que compactua com a bandidagem.

    ResponderExcluir
  3. Não há absolutamente nada que comprometa o Deputado Gabriel Guerreiro nos telefonemas interceptados pela Polícia Federal tanto é que o referido parlamentar não é alvo de nenhuma investigação. E a verdade taí para ser analisada: DURANTE OS QUASE QUATRO QUE GABRIEL GUERREIRO FOI SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO PARÁ NUNCA AQUELA INSTITUÍÇÃO FOI ALVO DE INVESTIGAÇÃO POR PARTE DA POLÍCIA FEDERAL. Quando o Deputado Guerreiro se desincompatibilizou para concorrer a reeleição, a SEMA foi dada ao PTB. E a turma do PTB que estava lá, inclusive o Secretário que é irmão do ex-deputado Joaquim Passarinho foram presos e algemados pela Polícia Federal, e respondem a processos na Justiça Federal de Belém. EIS OS FATOS! EIS A VERDADE!!!!

    ResponderExcluir
  4. Quem vai pagar pelo Carpeggiane, Ludugero Júnior e Ludugero é o próprio prefeito Gonzaga...
    Vem ai a Caravana "Oriximiná com novas idéias"
    FERNANDO ANDRADE PREFEITO, ARGEMIRO VICE, COLIGAÇÃO FORA PV (PARTIDO DOS VELHOS). PODEM VENDER A IDÉIA, AGORA É PSDB,DEM,PTB,PT,PPS.

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de perguntar para o anônimo acima que insiste em defender o deputado bígamo que gostaria de enfiar acarís em algumas pessoas, se não seria ele o assessor desse deputado que aparece nas investigações do ministério publico na ALEPA com o CONTRA CHEQUE TURBINADO. So falta vc querer me dizer que o Carpegiane não toma cachaça.

    ResponderExcluir
  6. esse anonimo ñ deve ser daqui ou é leso, o argemiro marvado travestido de honestinho ñ pode ser candidato o tcu que o diga, PT ta fora dessa corja, sobra Jr ferrari, leoncio, será que o fernandinho vai encarar??? duvido muito, to pagando uma beirola pra ver...

    ResponderExcluir
  7. e claro que pastor e temente a deus esta certo que vai continuar na prefeitura,ele usa a palavra de deus para seduzir os bestas que acreditam nele.mas tenho certeza que essa corja vai acabar viu Fernandinho!se cuida e fica esperto que tem gente de olho em vcs.e já que és conhecedor da bíblia,vc sabe que não devemos cobiçar o que não e nosso!pensa bem pra ver se dorme em paz com a consciência.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua participação em nosso fórum de debates sobre o cotidiano da cidade de Oriximiná, Pará, Amazônia, Brasil. Se quiser você pode enviar seus texto, fotos e vídeos para o e-mail hamilton@ariuca.com.br. Continue participando.