• Imagem aérea da MRN
  • Imagem de crianças
  • Cachoeira do Jamaracaru
  • Imagem das crianças de novo

13 fevereiro 2011

MERACA DESAPARECIDO A 7 DIAS

Na foto "Preto" que é parente da vítima.
Ele e outros parentes e amigos
 insistem nas buscas do féretro.

Domingo (06) por volta das oito horas da manhã, na região entre o matadouro e a barreirinha em frente a cidade, Francisco Borges de Souza desapareceu nas águas do Rio Trombetas. Na próxima quarta (15), Meraca – como era conhecido – estaria completando 50 anos de idade. O pescador era nativo da região do Itapecuru e até agora seu corpo não foi encontrado. 
Ocorrido – Meraca saiu da casa, onde viveu vinte e dois anos com dona Nilsa e suas duas enteadas, por volta das cinco horas da manhã. Como de costume, antes da partida Meraca encontrou-se com os amigos no bar. Vendo o estado de embriagues de seu colega conhecido como Catauary, o pescador convenceu o colega a ir embora em sua companhia. 
Meraca embarcou Catauary completamente bêbado em sua canoa rabeta e zarpou com destino à comunidade da fazendinha, no lago Itapecuru. Mas, assim que deixa o porto, em plena travessia do Rio Trombetas, por algum motivo, Meraca caiu da canoa. No entanto, ainda conseguiu se agarrar na borda da canoa que girava descontrolada. Na canoa, Catauary adormecia bêbado, dentre os pertences pessoais foram encontrados: uma bicicleta e uma bolsa com pertences pessoais. Não podendo mais suportar tamanho esforço, Meraca solta da borda da canoa e desaparece no fundo das águas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação em nosso fórum de debates sobre o cotidiano da cidade de Oriximiná, Pará, Amazônia, Brasil. Se quiser você pode enviar seus texto, fotos e vídeos para o e-mail hamilton@ariuca.com.br. Continue participando.