• Imagem aérea da MRN
  • Imagem de crianças
  • Cachoeira do Jamaracaru
  • Imagem das crianças de novo

08 janeiro 2011

SAMAGO E O BOM SENSO ENCONTRADO

Professora Rosinele Maia

Bom senso é um conceito usado na argumentação que é estritamente ligado às noções de sabedoria e de razoabilidade, e que define a capacidade média que uma pessoa possui. Nesses tensos momentos vividos por pais e alunos que não encontraram vagas no SAMAGO uma personalidade em especial merece razoável destaque. Trata-se da vice-diretora da escola a Professora Rosilene Maia. 
Sobre nosso post SAMAGO E O CAOS ADMINISTRATIVO a Professora Maia procurou nossa edição a fim de esclarecer sobre as providências tomadas no sentido de contornar questões de ordem administrativa e ainda absorver a grande demanda de novas matrículas para o Colégio Santa Maria Gorette. Com um planejamento, ao que nos parece, muito bem delineado a Vice-Diretora, bem como a equipe administrativa, traduzem em resultado práticos o reclame mais imediato da população que é o fato da falta de vagas no SAMAGO. 
A boa notícia trazida pela professora é que a equipe administrativa da escola conseguiu equacionar o problema e ainda espera garantir mais de vinte vagas para novas matrículas no sexto ano. Maia declarou ainda, quanto a preocupação da direção da escola em equacionar questões de distorção série/idade. Diálogo e bom senso foram a receita do sucesso. Parabéns a todos, pais e professores do SAMAGO.

2 comentários:

  1. A simples resposta da Profa Maia a o seu questionamento. Parabénz.

    ResponderExcluir
  2. Acredito na competência das pessoas, mas é natural que duvidemos da boa fé delas. Em uma sociedade tamanhamente com competitiva, vivendo no gozo do avanço do estado de direito é de se rechaçar a utilização de loby pessoal ou tráfego de influência para conseguir uma vaga na escola pública. Isso além de ilegal é imoral.
    Estar a frente de instituições de ensino, implica em grande responsabilidade, o que exige capacidade de ter que lidar com os questionamentos públicos. Afinal de contas, somos clientes do serviço oferecido, para tanto, nos cabe o direito de reivindicar melhorias.
    A pura e simples exposição de uma lista de dificuldades não justifica nada, essas são questões de ordem administrativa que cabe aos técnicos da Secretaria Municipal de educação a resolução.
    Em todo caso, a Professora Maia é uma profissional aberta ao diálogo, avalia posições, assume suas responsabilidade sem precisar se esconder do debate e o que é melhor, conseguiu encontrar uma solução para o problema.
    Mérito de ambas as partes, da imprensa que trouxe a questão para o debate e da direção que atendeu a demanda.
    Ainda mais quando se trata de incluir crianças na escola. Parabéns a todos pela solução.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua participação em nosso fórum de debates sobre o cotidiano da cidade de Oriximiná, Pará, Amazônia, Brasil. Se quiser você pode enviar seus texto, fotos e vídeos para o e-mail hamilton@ariuca.com.br. Continue participando.