• Imagem aérea da MRN
  • Imagem de crianças
  • Cachoeira do Jamaracaru
  • Imagem das crianças de novo

06 maio 2008

Libertas Quae Sera Tamen

Computadores e acessórios começaram a ser vendidos na sexta-feira, em Cuba. Algumas semanas atrás, uma resolução do governo liberou a comercialização desses aparelhos à população em geral. Uma fila de curiosos e interessados se formou em frente a uma loja de Havana, logo após alto-falantes anunciarem o início das vendas dos computadores. O preço da máquina era equivalente a US$ 777 (R$ 1.280,00), e inclui a torre, um teclado e um monitor. Segundo alguns dos curiosos, o preço é semelhante ao encontrado no mercado negro. A vantagem é que as máquinas vendidas nas lojas são legais, com garantia de um ano. Até agora, a venda de computadores era feita somente a estrangeiros ou a empresas.Liberdade, ainda que tardia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua participação em nosso fórum de debates sobre o cotidiano da cidade de Oriximiná, Pará, Amazônia, Brasil. Se quiser você pode enviar seus texto, fotos e vídeos para o e-mail hamilton@ariuca.com.br. Continue participando.