• Imagem aérea da MRN
  • Imagem de crianças
  • Cachoeira do Jamaracaru
  • Imagem das crianças de novo

22 novembro 2008

Show de Eduardo Dias em Santarém

Carimbó Curumú

Show de Eduardo Dias em Santarém

O compositor Eduardo Dias se apresenta dia 28, sexta-feira, na Casa de Cultura "João Santos" de Santarém, com o espetáculo musical denominado Carimbó Curumu, contemplado no prêmio Secult/PA, do Edital de Música nos municípios. O artista, que já foi várias vezes premiado no festival de carimbó de Marapanim, vai apresentar músicas de sua autoria, que fazem parte do seu último trabalho em CD, o Canto de Várzea. Autores como Chico Malta, de Alter-do-Chão, Ruy Guilherme, de Abaetetuba, Wilson Fonseca, de Santarém, além de Mestre Verequete , fazem parte do show.

Nascido na cidade de Óbidos, no oeste paraense, Eduardo Dias já gravou 7 Cds, e tem 6 livros de poemas publicados. Foi premiado em vários festivais de música pelo Brasil afora, e suas composições já foram gravadas por artistas como Vital Lima, Côro Cênico da Unama, Grupo Vox Brasilis, Fafá de Belém, Pedrinho Callado, Renato Lu, Ana Cristina, Grupo Frutos do Pará, Alcyr Guimarães, Márcia Aliverte, entre outros. Seus principais parceiros são Ziza Padilha, Paulo Uchôa, Enrico di Micelli, Ruy Barata, Pedro Cavalero e João de Jesus Paes Loureiro.

O espetáculo Carimbó Curumu, depois de temporada no Teatro Waldemar Henrique, amplia o circuito para Santarém, a Pérola do Tapajós, onde terá cenário do SESC/Santarém e na sonoplastia/luz, Paulinho Produções. Os músicos participantes, Franklin Furtado, percussão/voz, Eduardo Matos, Percussão/voz, Quiure, Guitarra, Maurício Panzera, baixo, Genilton, Flauta e Eduardo Henrique Dias, violão e voz, com produção executiva e musical de Marcela Moura.

O espetáculo está marcado para as 20:00 hs, e o ingresso são 2 Kg de alimentos não perecíveis, que serão doados para instituição de caridade de Santarém.

A participação especial fica por conta do Movimento Musical Canto da Terra Firme, que integra artistas do oeste do Pará, onde ponteia compositores como Nato Aguiar, Nelson Vinencci, Zé Maria, Chico Malta, Vicente Filho e Cristina Caetano.

Noite de Autografos, MISCELÂNEA e Cultura.

O festejado artista da terra Domingos Diniz, letrista campão de festivais, incentivador das artes, da pesquisa e da busca pelo conhecimento e que ainda acha tempo de coordenar as atividade acadêmicas do Núcleo Universitário da UFPA em Oriximiná, onde desenvolve pesquisas científicas na área de biologia, é mais uma vez foco dos acontecimentos intelectuais em Oriximiná.
Hoje (22/11 - Sab), estará celebrando uma noite de autógrafos no Clipes Santo Antônio de seu último livro de poesia intitulado Miscelânea. O livreto de 70 páginas, traz 42 peças poéticas que fogem ao "melosismo romântico" tradicional, de escrita fácil, metralhando imagens poéticas com maestria que induzem o leitor ao raciocínio. A começar pela capa Reclusão Solar, tema idealizado pelo autor que diz ao que veio.
Na noite de hoje, estarão homenageando o autor e os visitantes os amigos de estrada, parceiros de composições, músicos conterrâneos que se revesarão no palco do Cliper relembrando suas histórias.
Quem for ao Cliper Santo Antônio hoje, terá oportunidade de ver de perto, um homem que dedicou sua vida em trazer o que há de bom pra essa terra, sem esquecer e nem desmerecer outros do mesmo quilate. Esse é Domingos Diniz, um homem a frente de seu tempo, merece nosso respeito e nossa consideração.

21 novembro 2008

Banhistas que poluem. Lago pede socorro

Declare seu amor pelas Praias do Iripixi

No próximo Sábado (29/11), a Comunidade Nossa Senhora de Nazaré, no belíssimo lago do Iripixí, estará realizando uma série de atividades no Projeto Natureza quer vida – Proteja o Lago do Iripixi.

O local paradisíaco da Orla do Iripixi, será palco dos cantores e artistas da terra, cozinha regional, serviços de bar e toda boa vontade que a comunidade tem pra manter suas sempre belas praias, imaculadamente limpas.

No domingo a GINCANA DO LIXO, uma série de brincadeiras que incentivarão os banistas a recolher seu lixo e gerar consciência de manutenção de limpeza do Iripixi.

Carlos Picanço, presidente da ASCONI, vem tentando mobilizar a comunidade no sentido da conscientização ecológica. A iniciativa deve empreender inclusive o fomento econômico dos que vivem no lago, isso é o início de um trabalho que visa gerar oportunidades para melhoria da qualidade de vida de todos. Diz.

Estão apoiando o Projeto Natureza quer vida, a Prefeitura Municipal de Oriximiná, através das Secretaria de Meio Ambiente e Turismo, escolas da rede estadual e municipal, UFPA e UVA, Mineração Rio do Norte, Instituto GAIA de defesa das águas, Rádio Nova Cidade FM, J&V Serviços e o site www.ariuca.com.

Participe conosco em defesa das sempre belas praias do Lago Iripixi. Maiores informações pelo fone (93) 3544-2500 ou pelo celular (93)9142-1562. Ajude, traga sua contribuição pessoal, faça sua parte e juntos vamos manter sempre belas as praias do Iripixí.

03 agosto 2008

Escolas de Ensino Básico de Oriximiná recebem computador com internet

A informatização foi o assunto mais discutido na ultima reunião da SEMED, ocorrido em 29/07, em Oriximiná no oeste do Pará.

Essa foi a novidade que os Diretores, Secretários, Assistentes Administrativos, Coordenadores de Educação Infantil e os Conselheiros Municipais de Oriximiná do Fundeb receberam em reunião ampliada na segunda-feira, 29/07, no auditório da Secretaria Municipal de Educação.

Segundo o diretor de Processamentos de dados da PMO, Edinaldo Azevedo, logo na primeira semana do mês de agosto, 14 escolas do ensino fundamental da área urbana recebem um (-01) computador completo, acompanhado de uma impressora, um no break e ainda, internet banda larga.

“Com a entrega dessas máquinas, os trabalhos das escolas serão mais facilitados. Exemplo disso é o histórico escolar e os boletins, que antes eram feitos manualmente e agora será produzido na forma padrão de acordo com as orientações da SEMED, e também a internet, que será instalada ajudando assim, no cadastramento dos alunos, via on line”, disse, a Secretária Municipal de Educação, Iza Fernandes.

Além das escolas da cidade, também a prefeitura pretende informatizar ainda este ano, algumas escolas nas áreas rurais principalmente os educandários POLOS, que atendem ao ensino fundamental.

02 julho 2008

O que pode e o que não pode nas eleições 2008

Os candidatos às eleições municipais de 5 de outubro podem divulgar propaganda eleitoral somente a partir de 6 de julho deste ano.
A propaganda gratuita no rádio e televisão será transmitida de 19 de agosto a 2 de outubro. Essas regras estão disciplinadas na Resolução 22.718/08 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que traz algumas alterações em relação ao último pleito presidencial, em 2006.
Outra alteração trazida pela Resolução 22.718/08 é sobre o tamanho das placas, cartazes, pinturas ou inscrições em bens particulares.
Na última eleição, as normas não traziam o tamanho máximo, apenas disciplinavam que era proibida a propaganda em tamanho que pudesse configurar desvio ou abuso do poder econômico.
Após vários julgamentos do TSE sobre o assunto durante o pleito de 2006, o Tribunal disciplinou nesta Resolução que o tamanho máximo para este tipo de propaganda é de 4m². Quem desrespeitar essa norma pode pagar multa que varia de R$ 5.320,50 a R$ 15.961,50.
Uma regra sobre debates também foi alterada pela nova Resolução da propaganda.
Quando não havia acordo entre os veículos de comunicação e os candidatos, era assegurada a participação de candidatos dos partidos políticos com representação na Câmara dos Deputados.
Agora, a Resolução determina que a representação de cada partido é aquela resultante da eleição.
A autoridade competente para tomar as providências relacionadas à propaganda eleitoral e para julgar representações sobre o assunto é o juiz eleitoral. Eventuais recursos podem chegar aos Tribunais Regionais Eleitorais e até ao TSE.

Confira as outras regras

Uma dessas novidades é sobre a propaganda eleitoral por meio da Internet. De acordo com o artigo 18 da Resolução, este tipo de propaganda só será permitido em página do candidato destinada exclusivamente à campanha eleitoral. O candidato não é obrigado a usar terminação “can.br”, já que é facultado o uso de outros domínios. No primeiro turno, a página da rede mundial de computadores pode ser mantida até a antevéspera do pleito, ou seja, até 3 de outubro.

*extraído do site Comunicação Militante

Legendas

Em qualquer propaganda de candidato a prefeito deverá constar, também, o nome do candidato a vice. Se houver coligação para prefeito, é obrigatória a colocação de todas as siglas dos partidos que compõem a chapa abaixo do nome da coligação.
Na coligação para vereador, apenas o partido dele deve ser informado abaixo da denominação da coligação.

*extraído do site Comunicação Militante

Propaganda paga

É proibido qualquer tipo de propaganda política paga no rádio ou na televisão. Nos veículos impressos a propaganda pode ser divulgada até o dia 3 de outubro, no primeiro turno. O tamanho máximo, por edição, para cada candidato, partido ou coligação é de um oitavo de jornal padrão e um quarto de página de revista ou tablóide. Quem desrespeitar essas regras pode pagar multa de R$ 1 mil a R$ 10 mil.

Brindes

É proibida a confecção, utilização e distribuição de camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou quaisquer outros bens ou materiais que possam proporcionar vantagem ao eleitor.
O partido pode, no entanto, comercializar material de divulgação institucional, desde que não contenha nome, número de candidato nem o cargo que está disputando.

*extraído do site Comunicação Militante

Outdoors

Assim como nas eleições 2006, continua proibida a propaganda eleitoral por meio de outdoors. Caso utilizem essa forma de propaganda, a empresa responsável, os partidos e candidatos podem ser punidos com multa que varia de R$ 5.320,50 a R$ 15.961,50.

*extraído do site Comunicação Militante

Showmícios

Continua proibida a realização de showmício e apresentação de artistas, mesmo gratuita, nos comícios dos candidatos. Aparelhagem de sonorização fixa é permitida nos comícios, mas apenas das 8 às 24 horas.
Os alto-falantes e amplificadores de som podem ser usados das 8 às 22 horas, desde que à distancia de pelo menos 200 metros de sedes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e hospitais. Também não podem ser usados a menos de 200 metros de escolas, bibliotecas, igrejas e teatros no horário de funcionamento.

Bonecos

É permitida a colocação de bonecos e de cartazes móveis ao longo das vias públicas, desde que não dificulte o bom andamento do trânsito.

*extraído do site Comunicação Militante

Proibições

Os candidatos não podem afixar propaganda, inclusive placas, estandartes, faixas e inscrição a tinta ou pichação nos bens públicos ou de uso comum, como em postes de iluminação pública e sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes e paradas de ônibus.
Também não é permitida a colocação de propaganda eleitoral nas árvores e jardins localizados em áreas públicas, mesmo que não causem dano.
A propaganda em local proibido pode levar ao pagamento de multa de R$ 2 mil a R$ 8 mil, além da restauração do bem público.

*extraído do site Comunicação Militante

Imprensa

Os veículos de comunicação impressos podem emitir opinião favorável a determinado candidato, desde que não cometam abusos nem excessos. Já as emissoras de rádio e televisão não podem dar tratamento privilegiado nem veicular opinião favorável ou contrária a candidato, partido ou coligação.
As emissoras também não podem divulgar filmes, novelas ou minisséries ou qualquer outro programa que faça alusão ou crítica a candidato.
Desde a escolha em convenção, os candidatos não podem apresentar nem comentar programas nas emissoras.
As emissoras, assim como as páginas mantidas pelas empresas de comunicação social na Internet que desrespeitarem essas regras podem pagar multa que varia de R$ 21.282,00 a R$ 106.410,00. Esses valores podem ser duplicados se a emissora cometer a infração novamente.


*extraído do site Comunicação Militante

15 junho 2008

Apostolado na rua


Que bonito ver o sacrifício, a fé e a dedicação, em particular, dos anciãos do Apostolado da Oração. Neste sábado, 14 junho, saíram em procissão pelas ruas da cidade. O cortejo saiu da Igreja Matriz em direção ao cais do porto, onde recepcionaram fiéis vindos das comunidades do interior, no caminho de volta à Matriz oravam e entoavam suas ladainhas, rostos anônimos, crianças e seus avós, poucos jovens, pessoas humildes com expressão discreta do orgulho de fazer parte de tão tradicional e seleto grupo. Neste domingo (15), acontece a festa do Sagrado Coração de Jesus, todos são convidados.

No poder com Cristo


Aproveitando a o ano eleitoral, aumenta a presença de possíveis pré-candidatos a eventos com apelo religioso. As fiéis ovelhas desta vez, mais atentas e instruídas devem dividir seus poderosos votos entre os mais de dez pretensos candidatos. Bonito é vê-los orando com o rigor da sinceridade de suas almas, quando falam da pureza de suas intenções e rogam em nome do Senhor que os irmãos lhes concedam o voto de confiança. A comunidade evangélica sabe de seu poder eletivo e pedimos a Deus que lhes concedam a sabedoria de Salomão na hora de identificar o cordeiro e o lobo.

Rebanho apartado

A tradicional Igreja Evangélica Assembléia de Deus, há mais de 30 anos vem realizando seus trabalhos religiosos no município, vive hoje seu pior momento administrativo. Entre ofensas verbais e até agressões físicas em público, os pastores que lideram a instituição brigam pelo comando local. A igreja que além de emissora de rádio e tv tem um significativo patrimônio, virou palco de guerra pelo poder, o fato levou a cisão do rebanho que assiste aos fatos que deve ser dirimido nos tribunais. A comunidade oriximinaense ora para que a justiça divina prevaleça e a instabilidade logo passe.

Até quando permanecerá o mutismo tucano?

Depois de ter recebido não, da cúpula do PSDB estadual, a proposta de um nome de um político local como possível vice em uma possível composição com o PV, o prefeito tucano Argemiro Diniz mantém sua greve de silêncio sobre os rumos do partido em Oriximiná, a ponto de, nem se quer, receber o deputado Nilson Pinto, quando esteve no município no ultimo dia 31 de maio para um seminário promovido pelo PV.
Observadores experientes dizem que as intenções de reeleição frustraram-se, até porque o próprio partido não o apoiaria. Vivendo baixíssima popularidade e uma crescente perda de liderança interna, Argemiro Diniz não tardará para restabelecer uma linha de diálogo com o seu histórico aliado Gonzaga.
Dizem ainda, dentre todas as possíveis alianças políticas que Gonzaga possa fazer, a menos traumática deva ser com o PSDB, mesmo que isso signifique ter que enfrentar o grupão (PMDB, PTB e PT), porque além dos desafios da eleição, há ainda, o desafio da governabilidade e não importa as articulações dos demais grupos, a definitiva aliança do grupo de Gonzaga só acontecerá depois da conversa com Argemiro, não pela expressão dos votos tucanos, mas pelo que representa o poder executivo para o processo. Quem viver verá...

O entendimento petista?

Os ‘companheiros’ do PT local, que vivem o democrático exercício de suas tendências e correntes internas, devem indicar pelo menos quatro nomes a vereador, na já firmada aliança com Gonzaga (PV), que teria se comprometido com a governadora Ana Júlia a, desta vez, eleger ao menos um ao cargo de vereador, mesmo que isso signifique apoio financeiro. Mas isso não basta, Luíza Helena também apresenta seu nome como possível vice de Gonzaga e os demais ‘companheiros’ também se apresentam para comandar pelo menos duas secretarias. O clima é de vitória súbita, resta saber se Gonzaga, se eleito for, pagará o alto preço por tamanho fatiamento político administrativo.

Comandante Corajoso

Leôncio Neto, presidente local do PMDB, em sua ultima viagem a Belém teria se reunido com o presidente estadual do partido, o deputado Jader Barbalho, para tratar dos rumos do partido em Oriximiná, como resultado do encontro, Jader teria dado carta branca pra que Leôncio conduzisse o processo como achasse melhor, depois de ter peitado Jader, que a pedido de Gonzaga, teria sussurrado a possibilidade da indicação de Ludugero à vice, como é do desejo de Gonzaga. Assim, Leôncio congela de vez as pretensões de Ludugero. Diante disso Leôncio reafirma sua posição como candidato a prefeito até segunda ordem. Aberto ao diálogo, conversa com todos os grupos políticos locais, mas há quem diga que, ainda sim, não descarte a possibilidade de aliar-se ao PV, resta saber quem será o vice.

Coração 14

O vereador Zequinha Calderaro foi eleito por unanimidade, neste sábado 14 junho, por seus correligionários, como indicado do PTB para uma possível composição no cargo de vice, tendo Gonzaga do PV na cabeça, isto é, se o PV compor com o PTB.
Zequinha Calderaro, que foi expulso do partido logo depois de ser eleito, por não ter seguido as determinações do comandante local do PTB, o deputado Júnior Ferrari, na eleição da presidência da câmara municipal. Na ocasião, Zequinha, que conseguiu 9 de 10 votos de seus pares para o cargo de primeiro secretário, chamou atenção por sua astúcia nas negociações para composição da mesa. Entrincheirado no grupo do presidente Ludugero, veio escapando, apesar de se declarar oposição ao governo de Argemioro Diniz. Como uma andorinha só não faz verão, o vereador que chega ao final de seu primeiro mandato vendo o fantasma da não reeleição, em função das inúmeras divergências na instituição familiar que se tornou o PTB local, mostra mais uma vez grande habilidade política, já que conseguiu arrebanhar as simpatias de todos aqueles que em outro momento o apedrejaram. Coisas do coração...

Lista Tríplice

O grupão, em reunião na semana passada, agendou pra esta sexta feira 13 mais um encontro político, de uma série que vem se sucedendo. O namoro partidário teria começado no badalado sítio do presidente da câmara desde agosto do ano passado. O grupão, como é está sendo chamado, formado pelo PMDB (leia-se Leôncio), o PTB (leia-se Júnior Ferrari) e PT (leia-se Luíza Helena), vem ao longo do tempo negociando uma possível parceria com o PV (leia-se Gonzaga). Entre tapas e beijos, cada um briga por sua (possível) fatia de poder, especialmente para o cargo de vice em uma possível composição com Gonzaga na cabeça, que segundo pesquisas, ainda não oficiais, deve ganhar as eleições com maioria absoluta.
Como resolutiva da reunião, cada liderança deve indicar um nome para compor a chapa com Gonzaga, que deve escolher na lista tríplice o nome do pré-candidato à vice. Assim esperam.

04 junho 2008

Programa de Fomento a Piscicultura

A história de ocupação da região e o conseqüente aumento da população geraram a busca de terras para plantar. A perda das tradições e hábitos nativos, em função das novas tecnologias, a sedução do mercado de consumo e a conseqüente fuga do homem do campo para as cidades, tem gerado a necessidade de mais produção de alimentos, a triste realidade é que esse pensamento ainda está concentrado, especialmente na agricultura e pecuária. A derrubada da floresta e a conseqüente queima do solo pra plantar eram vistas com forma imprescindível de sobrevivência para aqueles que, por sorte, ainda permanecem no campo.

Ainda bem que essa não é a única alternativa de geração de renda com uso sustentável dos recursos do meio. Uma alternativa para o resgate da cultura produtiva da população está, principalmente, na qualidade do ensino. Novos modelos de ação interdisciplinar estão levando o conhecimento acadêmico para as comunidades rurais. Isso vem acontecendo com inúmeros programas de reflorestamento, uso sustentável dos recursos da floresta, dentre eles o programa de fomento à piscicultura.

O governo municipal vem desempenhado dentro de seu projeto, alternativas para que o Município de Oriximiná possa no futuro caminhar com suas próprias pernas, buscando alternativas de isenção dos recursos minerais, que são exauríveis.

Com uma das mais ricas potencialidades hídricas, rica em biodiversidade aquática, permitindo a exploração racional deste recurso, gerando a produção de alimentos, aumentando a renda de quem vive no campo e gerando uma alternativa de ocupação, atraindo o interesse pela vida no campo.

A prefeitura municipal de Oriximiná, desde 2003, vem desenvolvendo o Program de Fomento à Piscicultura, indo até ao produtor, atender com informações técnicas os interessados no segmento. Muitos deles, pequenos criadores de gado, já estão construindo barragens na intenção de migrar de atividade.

Os Piscicultores precisam ter consciência que, apesar da boa rentabilidade que atividade possa trazer, é imprescindível um bom acompanhamento técnico, isso significa, algum investimento, infra-estrutura adequada, muita dedicação no manejo correto, água a vontade e de boa qualidade, entender comercialmente a atividade dentro e fora do município.

A falta de capital pros investimentos, o excesso de burocracia nas instituições financeiras e nos órgãos de legalização, são os maiores problemas que o novo piscicultor deve enfrentar.

Pra quem sobreviver com a idéia, a PMO já esta montando um laboratório de reprodução de alevinos, inicialmente deve trabalhar com o Tambaqui, peixe muito apreciado na região e posteriormente outras espécies serão estudadas e reproduzidas. Ainda, a implantação de uma fabrica de ração para peixe, que deve ser vendida a preço de custo aos produtores.

O Governo Municipal tem feito sua parte, já os incentivos do Governo do Estado e Federal ainda estão sendo aguardados, se assim acontecer, os recursos devem chegar às mãos dos criadores sem tanta burocracia, dessa forma, espera-se construir um elo que venha beneficiar a todos que dependem de recursos para desenvolver projetos não só da Piscicultura, mas também de outras atividades.


Por JOSÉ DELFIN DE FIGUEIREDO FILHO

TÉC. AGRÍCOLA - SETOR DE PISCICULTURA - PMO

A força de quem faz uma das maiores feiras agropecuária da região


Todos os anos vêem-se nos meios de comunicação, principalmente impressa, uma fotografia do Centro de Convenções José Diniz Filho que se traduz em excelentes instalações, atrações artísticas de visibilidade nacional, programações eqüestres e outras atividades do setor.

O mais importante evento pra economia do município, quase nunca mostra quem faz o setor agropecuário acontecer. Nesses veículos, a discussão não é posta no sentido de gerar melhoria conscientizadora nos que fazem o setor acontecer.

Parabéns as revistas Conexão Oeste e Via Amazônia, que nesta edição que antecede o mês de realização da feira, trazem alguns depoimentos, dos que dedicam-se em fazer da atividade, um referencial para o setor.

O Dr. Luiz Souza, veterinários e pecuarista, fala de seu trabalho com a pecuária de corte e de leite. O Condomínio Agropecuário Miléo, leia-se Fazenda Primadona, de Sávio e Chiquinho Mileo, também dão seu testemunho pioneiro na seleção do Nelore, na realização de leilões que atraem investidores para o município. Casemiro Florenzano, que também é importante participe no processo, fala sobre o trabalho desenvolvido na Fazenda Riacho Doce. Gilberto Sarubbi Filho, relembra as origens da Fazenda Gilrosa, onde estão e onde pretendem chegar no seguimento pecuário.

A piscicultura, vista pelo técnico agrícola da prefeitura local, treinado para orientar os interessados na atividade, José Delfim Figueiredo Filho, relata a quantas anda o trabalho pioneiro desenvolvido pela Prefeitura, em parceira com a UFPA, INPA, Associações comunitárias e de pescadores, Mineração Rio do Norte e demais empreendedores interessados.

Nas próximas edições, os setores de suinocultura, avicultura e alguns segmentos agrícolas também serão contemplados, garantem os editores. Parabéns, informações sobre quem faz a força no setor agropecuário, mostram que Oriximiná busca alternativas econômicas com sustentabilidade e norte técnico científico que não se resumem pura e simplesmente a receita dos minerodólares exauríveis, como muitos pensam.

Estamos mudando pra melhor

Quero agradecer a todos que nos deixam mensagens de carinho e incentivo pelo nosso trabalho de levar a todos, notícias sempre úteis de interesse dos que querem bem a Oriximiná.

Peço desculpas pela atualização, vez por outra, meio tardia, mas os afazeres do cotidiano nos obrigam quase sempre a redirecionar a atenção.

Nossa equipe está trabalhando em ofertar aos nossos visitantes um site mais bonito e usual, com servidor de e-mails personalizado, sessão sobre o agito da vida noturna em Oriximiná, fotos que mostram nossas belezas pro mundo e a opinião sempre atenta de que faz a notícia.

Ainda este mês, estaremos no ar com um site novo e bonito. Divulgue nosso endereço www.ariuca.com e mostre que tem orgulho de sua terra natal.

27 maio 2008

ADEPARÁ em greve geral

Dia 06 de maio, em assembléia geral, os servidores da Adepará (Agência de Defesa Agropecuária do Pará) decidiram entrar em greve geral desde o dia 19 deste mês, reivindicando urgentes melhorias salariais e a aprovação do Plano de Cargos e Salários que se encontra em tramitação desde novembro de 2007. A solução do problema depende da governadora Ana Júlia, que ainda não se pronunciou. Os servidores em greve ainda não deliberaram sobre a continuação ou não do ato, mas tudo indica que a manifestação poderá ser resolvida até o final desta semana. Apesar dos servidores declararem que a greve não atrapalha a campanha de vacinação contra a febre aftosa, que começou no dia 01 de maio, na prática, por não gerar comprovação de vacinação, a greve causa outros transtornos aos pecuaristas. A ADEPARÁ é o terceiro maior órgão arrecadador do estado, com a paralisação, deixam de ser arrecadados valores significativos aos cofres do governo.

Em Oriximiná, o abate continua sendo feito, com anuência do executivo municipal, a secretaria municipal de agricultura e abastecimento – SEMAGRI, que administra o matadouro municipal, alega que a atividade é um serviço essencial. O representante da unidade local, já alertou quanto a grave infração a cerca da posição da prefeitura e avisa quanto a possível punição com multas, tanto aos pecuaristas infratores, quanto ao matadouro.

Há 54 anos na defesa sanitária agropecuária, o governo federal vem lutando pra valorar o setor no mercado internacional, mas só em 2003 o estado do Pará criou o órgão. A atividade agropecuária é responsável por cerca de 60% do PIB do setor. As zonas de risco de contaminação pela febre aftosa, ainda são ameaça presente, ainda assim, o Brasil sustenta a liderança nas exportações mundiais de carne, o Pará é o quinto maior produtor brasileiro de bovinos e está dividido em três zonas de risco, o oeste paraense está classificado como zona 03, ou seja, área de alto risco para febre aftosa, o que impede a exportação para outras regiões que tem classificação de zona 01 (livre de aftosa) ou zona 02 (médio risco de aftosa), o que gera um grande empecilho na alavancagem econômica do setor.

Segundo dados não oficiais, especialistas da área acreditam que o rebanho do município de Oriximiná chegue a algo entorno de 150 mil cabeças, com uma média de abates/dia de 40 animais, com a paralisação na emissão das GTA (Guias de Trânsito Animal), todos perdem. A prefeitura que permite que os animais continuem sendo abatidos, passando por cima da legislação vigente e lidando com o órgão estadual como se, nem ele e muito menos as reenvidicações dos servidores, fossem de alguma importância. Os servidores lutam por suas justas questões, acabando por colocar a população como refém, agora só nos resta esperar que todos se entendam e cheguem a uma posição conciliatória. Nós os simples mortais, rogamos que a santa justiça defensora dos grevistas, tantas vezes venerada por seus fiéis petistas, faça valer sua divina providência e ilumine o veredicto da governadora. Nos resta esperar. Os reféns agradecem.

22 maio 2008

Imagem Campeã - Praça Centenário

Nem cúpula, nem diretoria local do PMDB devem realizar o desejo de Gonzaga.

Para emplacar Ludugero na vaga de Vice, Gonzaga terá que pedir a Jáder que golpeie o comandante local do PMDB e entregue na bandeja o Partido para Ludugero. Nos bastidores, os mais íntimos acham que Jáder não fará isso. Não que sua índole não o permita, mas Jader deve optar por manter um fiel correligionário e que, por muitas oportunidades, não exitou gastar dinheiro do próprio bolso para levar à termo os projetos de interesse partidário, até porque, Jáder ainda não engoliu o que chama de 'traição' de Gonzaga quando este jogou fichas na candidatura de Almir Gabriel(PSDB) em 98, na de Simão Jatene (PSDB) em 2004 e novamente Almir Gabriel (PSDB) em 2006, para Governo do Estado do Pará. É ver prá crer!!!

Medo de Jader...

Mas todos sabem da predileção de Gonzaga por Ludugero para seu Vice. Na verdade, este "medo" de Gonzaga é somente uma justificativa para aproximar-se de Jáder com aceitação dos demais possíveis parceiros. Observadores experientes acreditam que isso não vai dar certo, porque - " O pré-candidato Leôncio Neto do PMDB não vai abrir mão da vaga agora". Depois da queda de braço no passado, quando ainda fazia parte do ninho tucano, Leôncio que migrou e tomou o PMDB do domínio Viana com anuencia de Jader e Priante, quando não conseguil indicação para concorrer a vaga de candidato a prefeito nas eleições de 2004 pelo PSDB. Hoje, Leôncio que conta com apoio da cúpula do PMDB, tem em Jader seu principal articulador na garantia da vaga de vice de Gonzaga. Pode até não ser, mas parece que entre negociações e ameaças o candidato do PV encontra-se na condição de refém, os custos desse possível fatiamento político é que podem ser desconfortáveis ao progressísmo administrativo que Gonzaga, se ganhar as eleições, já mostrou que sabe fazer.